O mau tempo que se fez sentir este sábado no Alentejo provocou 13 incêndios florestais no distrito de Portalegre e 11 quedas de árvore no distrito de Évora, disseram à agência Lusa fonte dos bombeiros.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre, durante a tarde registaram-se 13 incêndios, provocados pelas “trovoadas secas”, estando todos eles (pelas 23:00) em fase de rescaldo.

Os incêndios eclodiram nos concelhos de Nisa, Gavião e Ponte de Sor, tendo mobilizado 365 operacionais, auxiliados por 115 viaturas.

De acordo com o CDOS de Évora, o mau tempo provocou naquela região alentejana 11 quedas de árvores, uma inundação e uma queda de estruturas.

Ainda no distrito de Évora registaram-se durante a tarde 08 incêndios florestais, tendo mobilizado 180 operacionais de todas as corporações do distrito, auxiliados por 55 viaturas.

Fonte do CDOS de Beja disse por sua vez à Lusa que ocorreram durante a tarde dois incêndios nos concelhos de Ourique e de Mértola, mobilizando 84 bombeiros, auxiliados por 30 viaturas.

A mesma fonte acrescentou que o mau tempo provocou cinco quedas de árvores.