Um dos feridos que estava internado no Hospital de S. João, no Porto, morreu esta quarta-feira. O número de vítimas mortais no incêndio de sábado em Vila Nova da Rainha, Tondela, sobe assim para nove.

O homem que morreu hoje, no Hospital de S. João, tinha 67 anos e residia em Tondela. Chegou a estar internado no Hospital de Santo António, também no Porto, mas tinha sido entretanto transferido.

No último sábado, dia em que aconteceu a tragédia, o saldo de vítimas era de oito mortos e 38 feridos, 16 dos quais em estado grave. Os primeiros cinco funerais realizaram-se esta terça-feira. 

VEJA TAMBÉM:

Por outro lado, a jovem de 15 anos vítima do incêndio, encaminhada para o Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, saiu hoje dos cuidados intensivos e foi transferida para a enfermaria.

Fonte oficial do Hospital Dona Estefânia (Centro Hospitalar de Lisboa Central) avançou que a jovem "se encontra bem" e "sem necessidade de cuidados intensivos".

Em relação às outras quatro vítimas do incêndio que foram encaminhas também para Lisboa, duas para o Hospital de Santa Maria e outras duas para o Hospital São Francisco Xavier, o quadro clínico não sofreu qualquer alteração em relação ao dia de terça-feira, de acordo com fontes hospitalares.

A Câmara de Tondela decretou, na segunda-feira, três dias de luto municipal, na sequência do incêndio ocorrido no sábado à noite na Associação Cultural, Recreativa e Humanitária de Vila Nova da Rainha, que provocou oito mortos e 38 feridos.

O incêndio deflagrou numa altura em que se encontravam mais de 60 pessoas na associação a participar num torneio de sueca.

O Ministério Público instaurou um inquérito para investigar o que aconteceu, estando o Departamento de Investigação e Acção Penal de Viseu a ser coadjuvado pela Polícia Judiciária.