Um homem de 24 anos morreu hoje afogado numa lagoa existente numa pedreira em Óbidos, no distrito de Leiria, quando estava a trabalhar, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

O acidente ocorreu em Casal da Avarela, no concelho de Óbidos, numa pedreira de gesso e próximo de um complexo de galerias a céu aberto, resultado do método de exploração que foi utilizado até há cerca de três décadas.

A vítima caiu à água numa das lagoas que se formam nas galerias e cujo nível se encontra mais elevado no inverno, acabando por se afogar”, disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros de Óbidos, Carlos Silva.

De a cordo com a mesma fonte o homem “foi retirado da água pelos colegas, que ainda tentaram manobras de reanimação”.

O alerta foi dado às 11:45 e no local estiveram cinco veículos e oito operacionais dos bombeiros de Óbidos, Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Centro Hospitalar do Oeste e da GNR.