Os concelhos de Braga e Guimarães registaram esta sexta-feira uma «intensa» queda de granizo, com pedras «do tamanho de ovos», um fenómeno que demorou poucos minutos mas que provocou o condicionamento do trânsito na A3, informaram bombeiros e GNR.

Segundo fonte da GNR de Ponte de Lima, o trânsito esteve condicionado durante cerca de duas horas na A3, na zona de Braga, para limpeza da via.

«Apenas se registou um corte por breves minutos, tendo depois o trânsito sido retomado, embora de uma forma condicionada, para obviar aos trabalhos de limpeza», referiu a fonte.

Acrescentou que a queda de granizo «foi anormal», pela sua intensidade, mas sublinhou que não se registaram quaisquer acidentes na A3.

O granizo caiu também com intensidade em Guimarães, adiantando fonte dos bombeiros locais que as pedras eram do tamanho de «ovos de codorniz».

«Foram poucos minutos mas foi sempre a cair. Pedras como esta e com esta intensidade, não me lembro de ver na zona», referiu.

Segundo a fonte dos bombeiros, a corporação não foi chamada a acudir a nenhuma situação relacionada com a queda do granizo.
 

Estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela encerradas


As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela encerraram esta sexta-feira, às 15:30, devido à queda de neve que se verifica na montanha, disse à agência Lusa fonte do Centro de Limpeza de Neve dos Piornos.


Segundo a fonte, os troços entre Piornos/Torre e Torre/Lagoa Comprida está interdita à circulação rodoviária, não havendo indicação de quando poderá reabrir.


«Continua a nevar com grande intensidade e, tendo em conta as previsões, já é pouco provável que hoje exista condições de segurança para reabrir», explicou.


O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para esta sexta-feira «queda de neve acima de 1.800 metros, descendo a cota para 1.400 metros ao longo do dia».