Os jovens que morreram na praia do Meco em dezembro de 2013 vão ser homenageados com um memorial no local da tragédia, uma escultura da autoria de João Cutileiro.

De acordo com um comunicado tornado público esta sexta-feira  pelas famílias dos jovens, a escultura será colocada na praia do Moinho de Baixo, no Meco, na tarde do próximo domingo.

Os pais, no comunicado, agradecem «a todos aqueles que tornaram possível» a «sentida homenagem, muito em especial à Câmara Municipal de Sesimbra e ao escultor João Cutileiro».

Na noite de 15 de dezembro de 2013, os seis jovens morreram afogados na praia do Meco e só um do grupo escapou. Tinham alugado uma casa na zona para passar o fim de semana e terão sido arrastados por uma onda. Os corpos foram encontrados nos dias seguintes.

O processo foi envolto em polémica, com os pais das vítimas a quererem saber mais do que aquilo que foi tornado público pelo único sobrevivente.

Todos os jovens eram alunos da Universidade Lusófona e faziam parte do grupo responsável pelas praxes académicas.