A creche da Misericórdia de Mação encerrou hoje mais cedo e as crianças foram transportadas para as suas casas devido aos efeitos das fortes chuvadas que assolaram a região, disse o presidente da autarquia.

"Pedimos aos pais das crianças para as virem buscar mais cedo, por motivos de precaução, uma vez que a intensidade da chuva provocou infiltrações e podia originar algum qualquer problema elétrico", adiantou à Lusa Vasco Estrela, que é também responsável pela Proteção Civil Municipal.

O autarca acrescentou que, "muito provavelmente, a creche não abrirá amanhã [terça-feira] devido às questões elétricas e às infiltrações no edifício", sublinhando que hoje à tarde em Mação "choveu de uma forma perfeitamente anormal".
 

O autarca deu ainda conta de "inundações em garagens, na Câmara Municipal e num pavilhão na zona industrial, caves entupidas, lençóis de água e aluimentos de terras".


As fortes chuvadas durante a tarde de hoje provocaram ainda dezenas de inundações no concelho de Abrantes, com estradas alagadas, garagens e caves inundadas, além de cortes de estrada em alguns locais, devido à "dificuldade de escoamento das águas pluviais", disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

No Sardoal, também no norte do distrito de Santarém, as principais ocorrências da forte precipitação, que teve início cerca das 15:30, "decorreram na via pública, sem registo de feridos ou danos materiais", adiantou a mesma fonte.

O oficial do CDOS de Santarém disse ainda que, "com a diminuição da intensidade das chuvas, a situação tenderá a normalizar".
 

"Há registo de alguns bens danificados, nomeadamente em estabelecimentos comerciais, em automóveis e em casas particulares", disse a mesma fonte, tendo acrescentado que os bombeiros tiveram de socorrer algumas pessoas que ficaram "presas nas viaturas, cercadas por água", acrescentou a mesma fonte.


"Em Alferrarede e no Cabrito, no concelho de Abrantes, tivemos de socorrer pessoas que estavam com dificuldades de sair das suas viaturas", disse.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, os distritos de Santarém e Castelo Branco devido à chuva forte e possibilidade de queda de granizo.

Segundo o IPMA, os dois distritos vão estar sob aviso laranja até às 21:00 de hoje.

O aviso laranja é emitido devido a uma situação meteorológica de risco moderado e elevado e é aconselhado às pessoas para se manterem ao corrente da evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações da Autoridade Nacional da Proteção Civil.

As fortes chuvas das últimas horas provocaram inundações nos concelhos de Abrantes, Mação Sardoal, no norte do distrito de Santarém.

Tem imagens de mau tempo? Envie para euvi@tvi.pt.