Os desfiles da 46.ª edição da ModaLisboa, na qual serão apresentadas as coleções para o próximo inverno, arrancam hoje no Pátio da Galé, no Terreiro do Paço, com a plataforma Sangue Novo.

Às 18:00, no desfile deste projeto destinado a jovens finalistas de cursos de Design de Moda ou que estejam a iniciar a sua marca, serão apresentadas propostas de Carolina Machado, Cristina Real, David Catalán, Inês Duvale, Patrick de Pádua, Rúben Damásio, Sara Santos, Tânia Nicole e Tiago Loureiro (Banda).

Um júri irá escolher um dos designers para integrar a plataforma LAB (dedicada aos novos talentos). Além disso, o escolhido irá ter a sua coleção à venda na loja ComCor, em Lisboa.

Hoje são também apresentadas as coleções de Nair Xavier e David Ferreira, um estreante na ModaLisboa - ambos inseridos na plataforma LAB, no BPI, na Praça do Município -, de Valentim Quaresma, no Pátio da Galé, e de Nuno Gama, no grande auditório do Centro Cultural de Belém (CCB).

Os desfiles são apenas acessíveis por convite, mas há atividades abertas ao público em geral, todas de entrada livre.

Hoje, entre as 15:00 e as 21:00, o Wonder Room, uma ‘pop-up store’ (loja temporária) com cerca de 30 marcas nacionais, tem as portas abertas na Praça do Município.

Na Sala do Risco, no Pátio da Galé, é possível acompanhar-se por imagens os três dias de desfiles através das lentes dos fotógrafos Arlindo Camacho, Nian Canard e da dupla Miguel Domingos e Raul Chan Caldeira. A mostra “Workstatin” irá sendo construída ao longo dos três dias.

Nos Paços do Concelho está patente uma outra exposição, “Gineceu Androceu”, concebida por João Telmo. Ao todo são 20 fotografias, nas quais se “explora o conceito de inversão de género, em que a feminilidade não pertence só às mulheres e a masculinidade não pertence só aos homens”.

Esta edição da ModaLisboa, que faz agora 25 anos, decorre até domingo sob o tema “Kiss”.