O incêndio em mato que deflagrou na sexta-feira à tarde em Ovil, concelho de Baião, distrito do Porto, tem três frentes ativas e está “junto a povoações”, afirmou fonte dos bombeiros locais.

Fonte dos Bombeiros de Baião disse à agência Lusa que, às 19:30, o fogo lavrava junto às povoações de Viariz, de Bruvenve e de Urgueira, na freguesia de Valadares, mas não soube precisar se haveria casas em risco.

Este incêndio em Baião está a ser combatido por 108 bombeiros, e conta com o apoio de 35 veículos e de um meio aéreo.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil destaca mais dois fogos ativos na sua página na internet, designadamente em Pombal, distrito de Leiria, e em Chaves, distrito de Vila Real.

Fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Leiria afirmou que o incêndio em Pombal continua ativo e, pelas 19:40, estava a ser combatido por 243 operacionais, apoiados por 74 veículos e um meio aéreo.

O incêndio que lavra em Chaves, que deflagrou na tarde de sexta-feira em Reigaz, freguesia da Oura, tem uma frente ativa e, pelas 19:45, estava a ser combatido por dois meios aéreos, 96 operacionais, apoiados por 29 veículos.