GNR e Inspetores de Pescas apreenderam, esta terça-feira, 6,5 toneladas de cavala subdimensionada numa operação de fiscalização no porto de Sesimbra, distrito de Setúbal, anunciou a Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

Segundo um comunicado da DGRM, a cavala (Scomber colias) apreendida, composta por exemplares subdimensionados, estava a bordo de um navio de pesca que se dirigiu ao porto de Sesimbra para fazer a descarga do pescado.

A DGRM salienta que "a manutenção a bordo e a descarga de pescado subdimensionado constitui infração grave" e esclarece que a cavala apreendida foi doada a instituições de solidariedade social.

De acordo com o comunicado, a apreensão foi efetuada durante uma missão conjunta de controlo e inspeção de pescas realizada hoje no porto de Sesimbra, que envolveu Inspetores de Pescas da Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) e agentes da Guarda Nacional Republicana-Unidade de Controlo Costeiro (GNR-UCC).

A DGRM refere ainda que "a missão conjunta decorreu no quadro de cooperação prevista no SIFICAP - Sistema Integrado de vigilância, Fiscalização e Controlo das Atividades da Pesca, como meio para a preservação dos Recursos Naturais da Política Comum de Pescas".

A DGRM é uma entidade que tem como missão, entre outras, a execução das políticas de pesca, a preservação dos recursos marinhos, bem como o controlo das atividades desenvolvidas no setor das pecas.