O Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) da GNR concluiu, esta madrugada, a missão no Parque da Peneda Gerês, resgatando as seis pessoas que estavam em dificuldades, disse à agência Lusa fonte do comando das operações.

“Seis elementos foram resgatados, um dos quais teve de ir para o hospital”, disse o tenente-coronel Albino Tavares, que estava a gerir a intervenção do GIPS no Gerês, indicando que foi ainda dado apoio a sete bombeiros, que foram os primeiros a chegar ao local e que também ficaram em dificuldades.

Um grupo de pessoas que visitava a zona das Minas dos Carris, no Parque da Peneda-Gerês e, ao início da tarde de sábado, viu-se em dificuldades devido ao mau tempo, e refugiou-se num abrigo, tendo pedido o auxílio dos bombeiros e do INEM.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) acionou uma operação de resgate, uma vez que uma das pessoas estava a ser transportada de maca pelos bombeiros, e foi necessária a intervenção do grupo especial da GNR preparado para agir em zonas de difícil acesso.

Ao início da tarde de sábado, o CDOS de Vila Real informou estarem perdidas duas pessoas nas Minas dos Carris mas, pelas 15:00, divulgou que a esse primeiro grupo, que afinal era de três pessoas, juntou-se um segundo, com outras três.