O Comando Metropolitano da PSP do Porto anunciou hoje a detenção de 15 pessoas numa operação de fiscalização rodoviária e de um outro indivíduo suspeito da prática do crime de usurpação de funções: o homem fingiu que era polícia e foi falar com os agentes da PSP.

Segundo a PSP, um homem de 45 anos, de Rio Tinto, concelho de Gondomar, foi detido na sequência da autuação da viatura que conduzia.

O homem «abordou os agentes policiais identificando-se como agente da PSP. No decurso das diligências, veio a verificar-se que o indivíduo em causa se fazia passar por elemento pertencente às forças de segurança, nomeadamente através da exibição de carteira profissional idêntica à utilizada pela polícia de segurança pública», lê-se no comunicado da PSP.

Numa outra operação, a PSP deteve 15 pessoas, nove das quais por condução sob o efeito de álcool, uma por falta de carta de condução, uma por desobediência e quatro por tráfico de droga.

Foram fiscalizados 1.969 condutores e foram identificados 30 cidadãos no âmbito do combate ao consumo e tráfico de droga.

Das 1.679 viaturas controladas, 133 encontravam-se a circular em excesso de velocidade.

Em comunicado, a PSP dá ainda conta da apreensão de 73 doses de haxixe.