Um inglês de 55 anos foi assassinado na sua casa na freguesia de Pereiro, Alcoutim, sabe a TVI.

O presumível homicida, um jovem português de 20 anos, foi detido pela PSP nesta madrugada, quando seguia na viatura da vítima.

Os dois mantinham há algum tempo um relacionamento.

Na altura da detenção, o jovem, que já era conhecido das autoridades, estava a conduzir sem carta uma viatura de alta gama, com alguns objetos de valor no interior, que levantaram suspeita.

A PSP tentou, então, contactar o proprietário do veículo, mas sem sucesso, tendo pedido ajuda à GNR. Os militares deslocaram-se ao local, mas ninguém atendeu.

A polícia questionou quem era o proprietário da viatura, que não estava registada como roubado, tendo o jovem respondido que se tratava de um britânico residente na zona do Pereiro.

Só depois de, ao que a TVI apurou, o alegado homicida ter confessado a autoria do crime, é que o corpo foi encontrado, com golpes de faca, no interior da habitação pela GNR, que tinha forçado a entrada na casa.

As autoridades ainda estão a averiguar em que dia ocorreu o crime, uma vez que o jovem disse à polícia que estava com a vítima desde sexta-feira e que tinham tido uma discussão no sábado.

O suspeito já foi entregue pela PSP à Polícia Judiciária (PJ) de Faro.

O presidente da Junta da União de Freguesias de Alcoutim e Pereiro, João Carlos Simões, disse à agência Lusa que a comunidade está "completamente surpresa" com o episódio, porque se trata de uma "zona pacata”.

Segundo o autarca, o inglês residia no Cerro da Vinha “há largos anos”.

Outra fonte disse à Lusa que o companheiro costumava viver com a vítima, mas que ultimamente estaria a passar mais tempo em Ayamonte, no sul de Espanha.