Um morto e sete feridos é o balanço de dois acidentes de viação ocorridos esta sexta-feira, na Madeira, um na via rápida, em Câmara de Lobos, e outro na via-expresso da Ribeira Brava, concelhos vizinhos a oeste do Funchal. Os acidentes foram confirmados à agência Lusa pelas corporações das respetivas localidades.

Fonte dos bombeiros de Câmara de Lobos disse que foram enviadas quatro ambulâncias para um despiste ocorrido na zona do “segundo túnel, sentido Ribeira Brava – Câmara de Lobos, antes da saída para Câmara de Lobos”.

Segundo a mesma fonte, todos os feridos eram jovens, ocupantes de uma viatura que se despistou e “ficou desfeita ao meio” que foram transportados com vida para o hospital do Funchal, um em estado grave, que “não estava no interior da viatura” e outros três com ferimentos ligeiros.

Acrescentou ter sido divulgado que o ferido mais grave acabou por falecer, não resistindo à gravidade dos ferimentos, no hospital do Funchal.

Os bombeiros da Ribeira Brava coordenaram a operação de socorro a um outro acidente ocorrido no parte norte da vila, resultante do choque frontal entre duas viaturas, que provocou três feridos, disse o responsável da corporação.

Agostinho Silva adiantou que um dos feridos era o condutor de uma das viaturas e foi transportado para o centro de saúde da localidade, estando a decorrer o desencarceramento de outras duas vítimas que “estão encarceradas, não podem sair pelos seus meios, mas estão conscientes”.

Todos os feridos serão transportados para o centro de saúde e, posteriormente, “deverão seguir para o hospital do Funchal”, apontou.