A Câmara de Oeiras voltou a encerrar parcialmente, entre Paço de Arcos e o Alto da Boa Viagem, a estrada Marginal, no sentido Cascais-Lisboa, esta sexta-feira, devido à agitação marítima, disse fonte da autarquia à TVI. Entretanto, a marginal foi reaberta ao trânsito por volta das 17:00. 

O corte ocorreu depois das 14:30. 

Segundo revelou à agência Lusa uma fonte do Serviço Municipal de Proteção Civil de Cascais, "foi fechada uma faixa" na Estrada Marginal, no sentido para Lisboa, devido "ao risco de galgamento" das ondas e do arremesso "de detritos", nomeadamente de pedras, para a via.

A estrada foi encerrada, também por causa das condições marítimas adversas, na quinta-feira, das 12:00 às 18:30, e durante a madrugada de hoje, entre as 01:10 e as 06:10, e a fonte da autarquia de Oeiras referiu que não há ainda previsão para a reabertura da via.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a chuva vai manter-se em Portugal continental pelo menos até ao final da próxima semana e o vento vai continuar forte, mas com tendência para diminuir.

Relativamente à agitação marítima, vai continuar forte no litoral a sul do Cabo Mondego com ondas de sudoeste com quatro a cinco metros, com tendência para diminuir gradualmente para os três a quatro metros e, no Algarve, para 2,5 a 3,5 metros.

O IPMA colocou sob aviso amarelo, um dos menos graves, os distritos de Aveiro, Leiria, Coimbra, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro até às 09:00 de sábado.