O Governo mexicano negou, esta segunda-feira, a existência de um compromisso para participar na coligação internacional liderada pelos Estados Unidos contra o grupo «jihadista» Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

«O México não pretende nem fará parte de qualquer coligação de cariz militar contra qualquer grupo ou organização», afirmou o subsecretário para América do Norte do Ministério dos Negócios Estrangeiros mexicano, Sergio Alcocer, em declarações citadas pela Efe.

Vários media divulgaram, na segunda-feira, que, de acordo com um documento do Departamento de Estado, o México estava incluído na lista de países que fazem parte da coligação internacional que realiza operações militares contra o grupo extremista.