A Impresa registou perdas de 26,9 milhões de euros em 2008, o que compara com lucros de 18 milhões em 2007, anunciou esta quinta-feira a empresa em comunicado.

A dona da SIC ressalva, no entanto, que em termos ajustados os resultados líquidos foram de 177 mil euros.

Impresa passa de lucro a prejuízo de quase 27 milhões

No mesmo comunicado, a empresa revela que as receitas desceram 2,5% para os 273,1 milhões de euros, com o segmento de televisão a continuar a representar a maior fatia (171,5 milhões de euros).

O EBITDA foi de 19,4 milhões de euros, penalizado por custos de reestruturação no montante de 11,6 milhões.

Já o EBITDA ajustado desceu 35,7% para 30,9 milhões de euros, a que corresponde uma margem de 11,3%.

Os custos não recorrentes representaram 25,7 milhões de euros, resultantes de custos de reestruturação de 11,6 milhões e perdas de imparidade de 14,1 milhões.

Os resultados antes de impostos ajustados dos custos não recorrentes foram 4,2 milhões de euros positivos. Sem ajustes, os resultados antes de impostos foram negativos em 21,4 milhões de euros.

Recorde-se que a Impresa anunciou na tarde passada a venda da editora discográfica, iPlay, por um euro. Esta operação implicou à empresa a contabilização de uma perda de 5,8 milhões de euros nas contas relativas ao ano passado.