A Sonaecom reforçou a compra de acções próprias, ao adquirir vários títulos entre os dias 13 e 17 de Março, a preços a variar entre 1,91 e 1,21 euros.

Com este reforço a empresa liderada por Ângelo Paupério passou a deter 6.299.143 acções próprias, representativas de aproximadamente 1,72% do seu capital social, revela em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

As acções da empresa fecharam a cair 0,66% para os 1,20 euros.