Depois do fecho em baixa desta quarta-feira, a bolsa em Lisboa abriu esta quinta-feira no verde, com ganhos de cerca de meio por cento e segue agora a valorizar 1,09% para 5.915,04 pontos.

A contribuir para o sentimento positivo está o BPI, que sobe 2,85% até aos 1,41 euros, mas principalmente os pesos pesados BCP, a valorizar 3,13% para os 63 cêntimos, a PT, a subir 1,41% para 6,34 euros, e a EDP, com ganhos mais ligeiros de 0,41% até aos 2,45 euros.

Também na banca, e no dia em que a Caixa Geral de Depósitos apresenta oficialmente os seus resultados de 2008, o BES está também com ganhos, de 2,87% para 2,45 euros, e a contrariar a tendência negativa das últimas sessões.

A Brisa segue também em alta, quando os analistas apontam para uma quebra de 48 por cento dos seus lucros em 2008 para os 136 milhões. As suas acções estão agora nos 4,66 euros, ou seja com uma valorização de 0,60%.

Restante Europa ganha mais

Um dia depois de divulgar os seus resultados, a REN corrige dos ganhos das últimas sessões e cai agora 0,39% para 3,08%. Recorde-se que os seus resultados líquidos recuaram 12% para cerca de 127 milhões de euros.

Quem mais cai é a Mota-Engil, que recua 2,21% para 2,12 euros.

Na restante Europa, os ganhos são bastante superiores: as valorizações situam-se entre os 1,6 e os 2,4%. O DAX soma 1,63%, o CAC 1,74%, FTSE 1,96% e o IBEX 2,37%.

Nos Estados Unidos, os mercados encerraram esta quarta-feira em baixa: o Dow Jones cedeu 1,09% e o Nasdaq 1,07%.