A insónia acabou com uma multa e sem carta.

Uma mulher de 79 anos foi apanhada por um radar a 238 km/h ao volante de um Porsche Boxster GTS.

A infração aconteceu na Bélgica, na região de Namur, por volta da meia noite. Foi há cerca de um ano, mas só agora a justiça belga decidiu o caso.

A primeira dúvida surgiu quanto ao infrator. Mas mulher de 79 anos confirmou que era ela quem guiava o desportivo de 330 cv, que atinge os 280 km/h.

«Era eu que ia ao volante. Não conseguia dormir nessa noite e decidi dar uma volta para arejar a cabeça», contou a mulher em tribunal, segundo relato da «Gazet van Antwerpen».

Ela explicou que «não tinha noção de ir tão depressa», mas que «não havia problema»; ou seja, que aceitava a penalização: «Concordo com a multa imposta pelo procurador.»

Sem contestar a decisão e com um registo criminal limpo, a condutora voltou para casa com uma multa de 4 mil euros e três meses de inibição de condução.