A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, apelou hoje aos portugueses que não fiquem em casa e que saiam para votar em quem os pode representar, quem os pode defender e quem defende aquilo em que acredita.


“Hoje é um dia muito importante, que ninguém fique em casa. Que venham votar, que venham escolher, que possamos escolher pelas nossas vidas, pelo nosso país”, afirmou a porta-voz do BE momentos depois de votar na Escola Secundária Almeida Garrett em Gaia.


Lembrando que “há tanta gente que infelizmente porque está fora (…) por motivos vários acaba por não conseguir votar hoje”, a deputada pediu que “todas as pessoas que possam escolher, não desistam de o fazer”.

“É muito importante. Nada está decidido à partida, é cada um de nós que escolhe quem será presidente da república, quem nos pode representar, defender [e] defender aquilo em que acreditamos”, realçou a deputada do BE, pouco mais de uma hora depois da abertura das urnas.

Adiantando que terá um “dia descansado” e que irá “aguardar serenamente pelos resultados”, a porta-voz bloquista disse ainda que “as pessoas devem escolher com serenidade, com convicção, com vontade quem as pode representar, quem as pode defender, quem defende aquilo em que acredita”.

“Em tantos países não podemos escolher o nosso presidente, a nossa presidente, em Portugal podemos, está um dia lindo, que as pessoas venham votar”, sublinhou.

Marcelo Rebelo de Sousa, Maria de Belém Roseira, Sampaio da Nóvoa, Edgar Silva, Marisa Matias, Vitorino Silva, conhecido por Tino de Rans, Henrique Neto, Cândido Ferreira, Paulo de Morais e Jorge Sequeira são os candidatos a Belém.