Notícia atualizada às 20:37

O primeiro-ministro recebe o secretário-geral do PS em audiência na segunda-feira às 18:45, disse à Lusa fonte do gabinete de Pedro Passos Coelho.

Passos Coelho enviou uma carta a António José Seguro na sexta-feira a convidar o líder da oposição para uma reunião urgente para discutir a «estratégia pós-troika».

António José Seguro comunicou a Pedro Passos Coelho que «cumprirá com o seu dever institucional» e irá a S. Bento reunir-se com o primeiro-ministro, disse à Lusa fonte da direção socialista.

«A capacidade de encontrar um entendimento político alargado sobre a estratégia pós-troika assume um relevo grande e pode beneficiar significativamente as perspectivas de crescimento e do emprego para a economia portuguesa e para os portugueses», pode ler-se no documento a que a TVI teve acesso.

Para Passos Coelho, a reunião deve ocorrer «tão brevemente quanto possível» e servirá para «analisar em conjunto o processo de conclusão do programa de assistência e a construção de uma estratégia de médio prazo».

No mesmo documento, o primeiro-ministro refere que acredita que Portugal vai «concluir favoravelmente o programa».

«Porém, os termos e condições em concreto que marcarão a conclusão deste processo dependerão, em grande medida, não apenas da envolvente externa mas também da capacidade portuguesa para apresentar uma estratégia pós-troika», assente numa «estratégia orçamental de médio prazo que ancore de forma robusta as perspetivas de disciplina orçamental compatíveis quer com o tratado de estabilidade, coordenação e governação, quer com os objetivos assumidos com a Comissão Europeia» no que respeita à redução do défice orçamental e à sustentabilidade da dívida pública.

«Também a avaliação e monitorização das reformas estruturais já levadas a cabo e a identificação de aspetos e áreas relevantes para um crescimento económico sustentado e inclusivo constituem pontos estratégicos de uma visão de futuro para além de cada ciclo governativo», defendeu Passos Coelho.

Também este domingo foi revelado que Passos Coelho vai ser recebido na terça-feira, em Berlim, pela chanceler alemã, Angela Merkel, num encontro no qual será abordada a saída de Portugal do programa de assistência financeira.