«Com o papinho cheio, a comissão Barroso agita o fantasma do Constitucional. Que o tribunal compromete o acesso aos mercados, que empurra o país para novo resgate¿ Entre os eurocratas vendidos à banca, o próprio edifício democrático tornou-se algo exótico.»