Os militantes do PS votaram sexta-feira em 11 federações, tendo os candidatos apoiantes de António Costa às primárias de 28 de setembro vencido em sete eleições, e os apoiantes de António José Seguro em quatro.

Na capital, o candidato e atual presidente da Federação da Área Urbana de Lisboa, Marcos Perestrello vencia por larga vantagem, com 81% dos votos, quando faltavam escrutinar 5% dos votos, enquanto António Galamba, do secretariado Nacional do partido e elemento próximo de Seguro, obtinha 18,7% dos votos. Em Setúbal, a deputada socialista Ana Catarina Mendes, apoiante de António Costa, venceu com 55% dos votos contra 45% de Madalena Alves Pereira, apoiante de António José Seguro.

Ana Catarina Mendes obteve 1.180 votos favoráveis contra 978 votos de Madalena Alves Pereira, num universo de 2.803 militantes do PS com capacidade eleitoral.

Em Aveiro, o atual presidente da Federação do PS, Pedro Nuno Santos, apoiante de António Costa foi reeleito para um terceiro mandato, com mais do triplo dos votos do seu adversário.

Pedro Nuno Santos obteve 1.563 votos (78%) contra os 430 votos (22%) de Gonçalo Fonseca, num ato eleitoral em que votaram pouco mais de dois mil militantes num universo de 2.582 possíveis votantes.

Na federação Distrital de Bragança o deputado socialista Mota Andrade, apoiante de António José Seguro nas primárias, foi o vencedor das eleições com 61% dos votos, apesar de a adversária, Berta Nunes, ter ganhado na maioria das concelhias da região.

Em Leiria, o antigo governador civil José Miguel Medeiros foi eleito presidente da Federação Distrital de Leiria do PS, ganhando ao seu único adversário, António Sales, por sete votos de diferença.

José Miguel Medeiros, que expressou apoio a António Costa nas primárias, obteve 618 votos, (50,2%) enquanto António Sales conquistou 611, (49,8%) tendo votado 1.243 militantes de um universo de cerca de 1.450.

Na Federação Regional do Oeste, o presidente da câmara de Torres Vedras e da Comunidade Intermunicipal do Oeste, Carlos Miguel, venceu as eleições com 62,5% dos votos, contra 37,5% de José Tomé, ex-vereador da câmara da Lourinhã e atual presidente da assembleia da CIMOeste, que não manifestou apoio a nenhum dos candidatos às primárias do PS.

Na Federação de Viana do Castelo, José Carpinteira venceu as eleições com 55,7 % dos votos contra os 44,3 % de Jorge Fão, ambos apoiantes de António José Seguro.

Das sete federações com apenas uma só candidatura à liderança, quatro foram já sexta-feira a votos. Os militantes socialistas elegeram na Guarda José Albano Marques (apoiante de Seguro), no Baixo Alentejo Pedro do Carmo, atual presidente e apoiante de António José Seguro, foi eleito em Portalegre Luís Testa, e em Évora Capoulas Santos, os dois últimos apoiantes de António Costa nas eleições primárias.

Assim, contabilizando os resultados deste primeiro dia de eleições para as federações distritais do PS - e ressalvando que não significam nada em termos de eleições primárias, até porque os universos eleitorais são diferentes - em relação às federações em que houve disputas entre apoiantes dos dois candidatos às primárias, António Costa venceu em Aveiro, Leiria, Lisboa e Setúbal. Nestas federações António José Seguro venceu em Bragança.

Quanto às federações em que não houve confronto direto de dirigentes que manifestaram apoio a Seguro ou a Costa, apoiantes de Costa venceram em Évora, Oeste e Portalegre. Apoiantes de Seguro venceram no Baixo Alentejo, na Guarda e em Viana do Castelo.

Hoje vota-se nas federações de Algarve, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Porto, Vila Real e Viseu. Na federação de Santarém, os militantes socialistas foram a votos sexta e hoje e os resultados apenas são conhecidos hoje.

António Costa e António José Seguro realizam na TVI, já esta terça-feira, o primeiro debate, de uma série de três, para as primárias socialistas.