A Comissão Nacional de Eleições (CNE) instaurou até esta terça-feira 42 processos relacionados com as eleições europeias de 25 de maio, disse à agência Lusa fonte da CNE.

Segundo a CNE, nos últimos dois dias foram registados seis novos processos.

O relatório síntese da CNE, aprovado na reunião de hoje daquele organismo, indica que foram instaurados 36 processos até segunda-feira, no âmbito das eleições para o Parlamento Europeu, enquanto que a 12 de maio se registavam 22 processos.

Os processos surgiram por iniciativa de cidadãos, CDU, PCP, Bloco de Esquerda e coligação de partidos.

Segundo a CNE, os processos mais recorrentes devem-se aos temas relacionados com propaganda, neutralidade e imparcialidade das entidades públicas, delegados/membros de mesa/assembleias de voto e tratamento jornalístico discriminatório.