A sondagem da Intercampus pediu aos entrevistados que votassem para uma urna, como se fosse dia das eleições. Nas respostas, é a coligação Portugal à Frente (PAF) que ganha, com 29,1% dos votos, contra 25,8% do Partido Socialista (PS). A vantagem é de 3,3 pontos percentuais.
 
A CDU consegue 6,9% dos votos e o Bloco de Esquerda 6,2%.
 
O Partido Democrático Republicano, de Marinho e Pinto, reúne pouco mais de 1% dos votos -1,3%. O PAN fica pelos 0,8%. Mas com estes resultados, há uma hipótese destes pequenos partidos elegerem um deputado
 
Nesta grande sondagem, os eleitores indecisos diminuem face a tendência de voto diária recolhida ao longo da campanha. Representam agora 12,6% do total.  


Ficha Técnica

 
Esta sondagem foi efetuada pela Intercampus, entre 23 e 30 de setembro, com o objetivo de conhecer a intenção de voto dos portugueses.
A amostra é constituída pela população com mais de 18 anos, recenseada em Portugal Continental.
A recolha foi através de entrevista direta e pessoal, utilizando o método do voto em urna, num total de 1013 entrevistas, proporcionais a cada região.
O erro de amostragem, para um intervalo de confiança de 95%, é de mais ou menos 3,1%.
A taxa de resposta foi de 60,2%.