Já lá vão bem mais de 100 horas de audições na comissão de inquérito ao BES. Sempre na mesma sala 6 do Parlamento, onde se concentram deputados, assessores e jornalistas. Uma sala que, ao que tudo indica, provocou uma alergia a um deputado e dois assessores do PSD.

A TVI24 confirmou que o deputado e os assessores perceberam que tinham sintomas em comum (pele empolada e vermelha) e, como nem tinham almoçado juntos, associaram o seu estado à sala onde decorrem as audições. Um espaço que partilham três dias por semana (terça, quarta e quinta-feira).

Foi precisamente na semana passada que detetaram a alergia, avançou o «Jornal de Notícias». Como os deputados do PSD ficam sempre sentados debaixo do ar condicionado, e os assessores mesmo à retaguarda, deduziram que o problema terá surgido aí. À TVI24, o presidente da comissão, Fernando Negrão, revelou que um técnico já esteve a analisar os filtros do ar condicionado da sala 6, onde decorrem os trabalhos, e não foi encontrado qualquer problema. 

O deputado, que chegou a tomar cortisona, bem como os assessores em causa, já se encontram melhor. 

A primeira audição desta semana está agendada para esta tarde, às 15:00. Será ouvido o presidente da PricewaterhouseCoopers, José Pereira Alves.