O presidente do PSD, Rui Rio, defendeu esta sexta-feira a necessidade de maior estabilidade no mercado do arrendamento para acabar com o "inferno" das pessoas que têm de mudar permanentemente de casa.

Temos de reconhecer que tem de haver alguma estabilidade no arrendamento, sob pena de ser um inferno para as pessoas que têm de estar permanentemente a mudar de casa", afirmou.

O dirigente social-democrata falava aos jornalistas, em Paços de Ferreira, à margem da visita que hoje realizou à feira de mobiliário Capital do Móvel.

A propósito da iniciativa legislativa do Governo no domínio do arrendamento, o líder social-democrata concordou a necessidades de “defender um pouco mais” os mais velhos.

Reconheço que há de se defender um pouco mais as pessoas com mais idade e que estão mais enraizadas num determinado local. Depois, é necessário equilibrar com os direitos dos senhorios que não podem ser prejudicados pelo facto de o seu inquilino ser mais velho que o inquilino seu vizinho", sublinhou.

Para Rui Rio, "a busca do equilíbrio [nesta matéria] é um fator importante".