O líder do PSD, Rui Rio, defendeu esta quinta-feira que o problema das pessoas em situação de sem-abrigo “é um flagelo” que deve ser combatido, e enalteceu o “destaque” dado pelo Presidente da República ao tema.

É uma luta difícil à qual o senhor Presidente da República tem dado um particular destaque e eu dou todo o apoio a esse destaque que o Presidente da República tem feito porque numa sociedade civilizada, numa sociedade desenvolvida, é preciso fazer tudo por tudo para combater este flagelo que é os sem-abrigo”, disse.

Rui Rio falava aos jornalistas na sede do PSD, em Lisboa, depois de uma reunião com um cidadão que esteve 27 anos a viver na rua e que atualmente é, disse, “um caso de sucesso” de integração social.

Rui Rio, que esteve também reunido com a direção da União das Misericórdias Portuguesas, afirmou que está a preparar o programa do PSD na “área social”, defendendo que é uma área “absolutamente vital” e referindo que em 12 anos como autarca foi o setor a que deu “mais importância”.