O CDS-PP considera que é inevitável cortar salários e pensões já que estas rubricas são responsáveis por mais de dois terços da despesa total e atira para a troika a culpa do ajustamento não ser mais lento.

«Ao dizer que é preciso cortar na despesa, é inevitável cortar salários e pensões quando 70% da despesa é salários e pensões, não podemos cortar na despesa sem ir a salários e pensões», afirmou o deputado do CDS-PP João Almeida, durante a audição da ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque no Parlamento.

João Almeida questionou então a ministra se «a principal alternativa era ou não era aquela de um ajustamento mais lento» tal como proposto pelo Governo à troika no âmbito da oitava e nona revisões do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF), de a meta do défice em 2014 ser de 4,5% e não de 4%.

O deputado criticou ainda o debate público sobre o tema dos cortes na despesa e afirma que a estrutura da despesa do Estado não é equilibrada.

PS acusa Governo de «lançar impostos ad hominem»

O deputado socialista João Galamba afirmou hoje, no parlamento, que o Governo está a impôr um «clima de proto guerra civil» e a «lançar impostos ad hominem» sobre a população, o que considerou ser «inaceitável».

Dirigindo-se à ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, João Galamba acusou a governante de estar a «destruir sistematicamente o presente, na expectativa de que nessa destruição está o futuro».

«O Governo tem falado muito do futuro, mas é difícil olhar para este Orçamento do Estado e ver aqui algum futuro. Isto não é um novo ciclo, é exatamente o mesmo», lançou João Galamba, acrescentando que a ministra está a criar «um clima de autofagia e de proto guerra civil, virando público contra privado e velhos contra novos».

Para o deputado socialista, Maria Luís Albuquerque «está a lançar impostos ad hominem sobre uma parte da população e isso é inaceitável».

«Há dor, mas não há ajustamento. Os resultados são uma tragédia, não se percebe o otimismo da ministra das Finanças», disse ainda João Galamba.