O antigo Presidente da República Mário Soares comemora domingo 90 anos com um almoço em que estarão presentes cerca de 300 pessoas, entre as quais o líder socialista, António Costa, e o ex-chefe de Estado Jorge Sampaio.

Marcado para o Espaço Tejo da antiga Feira Industrial de Lisboa (FIL), o almoço terá um caráter «mais intimista» do que aquele que foi organizado há dez anos para celebrar os 80 anos do fundador do PS, contou à agência Lusa Vítor Ramalho, dirigente socialista, ex-secretário de Estado. Ele, que é um dos amigos mais próximos de Mário Soares, adiantou, ainda, que «não há qualquer alinhamento de possíveis discursos»

Também o atual presidente do Grupo Parlamentar do PS, Ferro Rodrigues, marcará presença. O anterior secretário-geral, António José Seguro, foi também convidado, mas ainda não confirmou se estará na antiga FIL.

Já o atual alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), António Guterres, apenas chegará a Lisboa na tarde de domingo e terá pouco depois um encontro com o antigo Presidente da República. «António Guterres fez muita questão nisso», salientou Vítor Ramalho.

Na antiga FIL estarão ainda presentes o primeiro líder do CDS e ex-ministro dos Negócios Estrangeiros Freitas do Amaral, e o antigo primeiro-ministro e fundador do PSD [então Partido Popular Democrático] Francisco Pinto Balsemão.

O deputado e ex-coordenador do Bloco de Esquerda João Semedo, amigo do primeiro líder do PS, também foi convidado, mas ainda não confirmou a sua presença.

Vítor Ramalho destacou ainda a presença de várias figuras da cultura amigas próximas de Soares, casos de Júlio Pomar e de Graça Morais.

Para o almoço, foram convidados todos os membros da sua família, amigos mais próximos, colaboradores na sua fundação e antigos colaboradores ao longo da sua carreira no PS, em São Bento e em Belém.