O candidato da CDU a Loures, Bernardino Soares, congratulou-se domingo com o regresso, doze anos depois, da câmara à gestão da CDU, anunciando uma auditoria às contas da autarquia e um «plano de combate ao desperdício».

«Esta vitória aconteceu porque a população se revoltou contra a estagnação, a promiscuidade e a má gestão», afirmou Bernardino Soares, na sede de campanha da CDU em Loures.

O candidato e líder parlamentar comunista reconheceu que as expetativas da população «são muito elevadas», mas prometeu que o partido irá corresponder-lhes.

Bernardino Soares referiu ainda que o novo executivo camarário vai realizar uma auditoria às contas e promover um «plano de combate ao desperdício».

Às 00:15, com apenas duas freguesias por apurar, a CDU (PCP/PEV) tinha 34,9% dos votos (teve 22,2 % em 2009), contra os 30,43% do PS (metade dos 62,06% conseguidos em 2009).

Carlos Teixeira, do PS, governou a câmara de Loures durante 12 anos.