Para o partido «Os Verdes» (PEV) as propostas inscritas no Orçamento do Estado para o próximo ano vão trazer aos portugueses «mais dor e menos ajustamento». O partido vai mais além e afirma: este orçamento é «o pior» da democracia portuguesa.

Na Assembleia da República, no segundo dia de debate do documento, o deputado do partido, José Luís Ferreira, disse ainda que são as políticas do Governo que terão de se conformar com a Constituição e não o contrário. «Não é a Constituição que tem de se conformar com as políticas do Governo, são as políticas do Governo que têm de se conformar com a Constituição e, se este Orçamento, tal como os outros dois, for considerado inconstitucional, a responsabilidade é exclusivamente do Governo», sublinhou.

O deputado considera que «o Governo convive mal com o Estado social, porque o Governo virou-lhe as costas, porque o Governo deixou de se preocupar com as suas responsabilidades sociais».

OE2014: o debate parlamentar AO MINUTO