O Bloco de Esquerda exigiu esta terça-feira a presença do Ministro dos Negócios Estrangeiros no parlamento, para que este dê explicações sobre o eventual transbordo de material químico proveniente da Síria no porto da Ilha Terceira, nos Açores.

«Uma matéria relevante como esta, com implicações relevantes e com riscos importantes - do ponto de vista técnico, ambiental e de segurança - tem que ter uma resposta do ministro [dos Negócios Estrangeiros] no parlamento», afirmou o líder parlamentar do Bloco de Esquerda (BE), Pedro Filipe Soares, em declarações à agência Lusa.

O deputado adiantou ser «esse o requerimento» feito pelo partido para que o governante «possa ir ao parlamento dar essas explicações».

Para Pedro Filipe Soares, este assunto «tem uma enorme importância, tem problemas e tem riscos, quer ambientais, quer técnicos, quer de segurança».

«É uma matéria que consideramos relevantíssima, e, por isso, exigimos que o ministro vá ao parlamento explicar se tudo está salvaguardado, qual a posição do Governo sobre essa matéria, se é verdade, se estas armas vêm ativas, se já foram desativadas, se serão desativadas nos Açores, no fundo, os pormenores deste processo», afirmou.