O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, foi hoje recebido no Porto por um protesto com mais de 30 manifestantes, que pediram a demissão do Governo.

Passos Coelho participa hoje na cerimónia de inauguração do Centro Materno Infantil do Norte, no Porto, e à chegada foi recebido por um grupo de manifestantes que gritavam palavras de ordem e envergavam cartazes de protesto.

Entre as frases - que começaram a ser entoadas mesmo antes da chegada de Passos Coelho - ouviu-se «Gatunos» e «Estamos fartos de aldrabões, queremos eleições».

Nos cartazes podia ler-se «Não à destruição do SNS», «Governo rua, já!» e «Com este governo a nossa saúde corre risco».