«O senhor deputado deve entender que nem todos precisamos de um guru. Eu nunca senti essa necessidade. No meu caso, o lugar de guru está vazio».


quando o líder parlamentar do PS acusou o Governo de ser «instrumentalizado» pela Alemanha contra a Grécia


«Na Grécia estão a tentar libertar-se das amarras, independentemente do desfecho final. Este Governo nunca o fará, nem sequer o fará, por opção política».


«Não estou a lutar pela minha sobrevivência política, estou a defender as minhas convicções, não as de outros. Enquanto elas se comprovarem como positivas para o meu país, tenho a consciência de estar a fazer o que devo. No dia em que o país achar que assim não é, tem uma boa forma de resolver o problema».