A lista de coordenadores do PSD nas comissões parlamentares foi esta sexta-feira eleita com 76,5% dos votos dos deputados sociais-democratas, um resultado interpretado pelo novo líder da bancada, Fernando Negrão, como um sinal de “união e coesão”.

Uma semana depois de ter sido eleito presidente da bancada com o pior resultado dos últimos anos (35 votos favoráveis, 32 brancos e 21 nulos), Fernando Negrão considerou que a situação na bancada está a ficar pacificada, depois da “catarse” na última reunião com os deputados, na quinta-feira.

Na votação para a lista de coordenadores e vice-coordenadores do PSD nas comissões participaram 85 dos 89 deputados, 65 votaram a favor, 14 optaram pelo voto em branco e registaram-se seis votos nulos.

O resultado, afirmou Fernando Negrão aos jornalistas, “é a confirmação da continuação do bom ambiente” na reunião do grupo parlamentar de quinta-feira, em que pediu desculpas por alguns excessos de linguagem durante o processo eleitoral para a direção da bancada.