O programa de Governo do PS deverá ser discutido no parlamento na terça e na quarta-feira, dias 1 e 2 de dezembro, de acordo com a conferência de líderes. As datas foram divulgadas momentos antes de se saber que Cavaco Silva vai dar posse ao novo Governo esta quinta-feira.
 
O Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, propôs aos líderes parlamentares a discussão do programa na terça-feira pelas 15:00 e na quarta-feira em duas sessões: pelas 10:00 e pelas 15:00.

Em declarações aos jornalistas no final da conferência de líderes parlamentares, a secretária da Mesa da Assembleia da República Idália Salvador Serrão, deputada do PS, ressalvou o facto de o agendamento ser provisório, uma vez que o governo ainda não tomou posse.

As declarações foram feitas momentos antes de se saber que o novo Executivo vai tomar posse já esta quinta-feira, pelas 16:00. Assim, tudo indica que não haja alteração das datas escolhidas provisoriamente.

O impasse político chegou ao fim esta terça-feira com o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, a indigitar António Costa como primeiro-ministro de Portugal e a dar assim luz verde para a formação de um governo de iniciativa do PS, com o apoio parlamentar dos partidos mais à esquerda.

O secretário-geral socialista não perdeu tempo e no mesmo dia em que foi indigitado enviou para Belém os 17 nomes que integram o elenco governativo.

Um elenco governativo maioritariamente jovem e com algumas surpresas, como Francisca Van Dunem na Justiça e João Soares na Cultura.
  
Há caras conhecidas em pastas que lhe são familiares: Vieira da Silva regressa a um ministério que conhece bem, o do Trabalho e Segurança Social, bem como Capoulas Santos, de volta à pasta da Agricultura.