A Comissão Parlamentar da Defesa Nacional vai ouvir o ainda ministro do setor, Aguiar-Branco, na quarta-feira, sobre os recentes atentados de Paris, operações antiterroristas e seus desenvolvimentos. Na próxima semana, será a vez da audiência às "secretas" lusas.

Após combinação prévia entre os coordenadores das diversas bancadas e contactado o Ministério da Defesa, ficou marcada a audição de José Pedro Aguiar-Branco, embora com objeções de BE e PCP - este último com voto contra, segundo a Lusa -, dado o novo contexto político e previsível tomada de posse de um novo titular da pasta ainda esta semana.

A comissão parlamentar, presidida pelo social-democrata Marco António Costa, decidiu ainda começar as suas receções formais de início de legislatura, terça-feira (1 de dezembro), com o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, general Artur Pina Monteiro.

No dia seguinte, quarta-feira, também em virtude dos acontecimentos terroristas, os deputados vão receber no parlamento o secretário-geral dos Sistema de Informações da República Portuguesa, Júlio Pereira.

Os restantes chefes militares dos três ramos das Forças Armadas (Marinha, Exército e Força Aérea) também têm já pré-agendadas as respetivas deslocações à Comissão de Defesa Nacional para 09, 15 e 16 de dezembro, respetivamente.