O relatório do FMI sobre Portugal, divulgado nesta quarta-feira, não traz nada de bom para Constança Cunha e Sá. A comentadora da TVI24 diz mesmo que a única certeza é que a austeridade veio para ficar.

«O que assusta neste relatório do FMI é que tudo o que podia ser mau está aqui espelhado, como o inferno em que nós ardemos neste momento. Nada é certo neste documento. Não é certo o regresso aos mercados, não é certa a retoma da economia, não é certa a sustentabilidade da dívida, nada é certo. Só há uma coisa que é certa, é a austeridade, que tem de continuar», afirmou Constança Cunha e Sá.