Manuela Ferreira Leite diz que Paulo Portas vai ter que explicar porque traçou uma linha vermelha para a TSU dos pensionistas da Segurança Social e não se importa com o corte de 10 por cento nas reformas da Caixa Geral de Aposentações.

Na TVI24, a antiga ministra das Finanças reafirma que é impossível atingir 4 ou mesmo 4,5% de défice no próximo ano.