Marcelo Rebelo de Sousa admite que Rui Rio «é a figura mais forte» para o PSD «pós-Passos Coelho», referindo-se à plataforma apresentada esta semana no Porto.

«Se o Governo durar até 2015 e Passos perder as eleições, Rio tem uma oportunidade», disse, na TVI.

O comentador comparou a situação de Rui Rio no PSD à de António Costa no PS. «O timming dos dois depende do que acontecer com Passos Coelho e António José Seguro. Se nenhum deles sair ou for obrigado a sair, eles ficarão à espera», explicou.

Segundo o ex-líder do PSD, Rui Rio poderá chegar fora da «altura ideal» à liderança do partido.

«Enquanto Rio está em suspenso, porque não aceitou o lugar para o Banco de Fomento que Passos ofereceu, Passos acelerou o timming do anúncio da recandidatura à liderança do PSD», concluiu.