Augusto Santos Silva considerou, esta terça-feira, «horrível, inaceitável e muito pouco saudável» a nomeação de João Moreira Rato para diretor financeiro do Banco Espírito Santo (BES).

No espaço de análise no programa «Política Mesmo», o comentador da TVI24 criticou a «transição direta do sujeito que, em nome do Estado, negoceia divida pública com bancos, para a posição de administrador de um banco».