Marcelo Rebelo de Sousa criticou, neste domingo, no seu comentário na TVI, o líder do PS, António José Seguro, por falar num segundo resgate a Portugal.

O comentador considera que quem pode ser primeiro-ministro daqui a dois anos não pode criar intranquilidade nos mercados financeiros.

«Seguro não ganha nada com intranquilidade dos mercados», defendeu Marcelo.