O Primeiro-Ministro explicou as opções do Governo para o Orçamento do Estado, entregue esta sexta-feira na Assembleia da República e apresentado pelo Ministro das Finanças, Mário Centeno.

António Costa começa por dizer que um Orçamento do Estado "faz-se de escolhas", para justificar a soluções encontradas pelo Governo para o próximo ano. O responsável socialista afirma que o seu executivo quer um "país mais justo e mais coeso" e para isso "as famílias portuguesas vão este ano [2017] pagar menos impostos e os impostos que vão pagar terão maior justiça fiscal".

Do ponto de vista do investimento e desenvolvimento económico, o Primeiro-Ministro afirma que o objetivo será ter "medidas que possam acelerar o acesso ao financiamento".

Veja aqui o relatório do Orçamento do Estado