«Defendo uma renovação do nosso sistema parlamentar com uma segunda câmara parlamentar, um senado, eleito em contraciclo com a própria Assembleia da República, um senado de 40 ou 50 membros, que teria os seus membros vitalícios», afirmou António Marinho e Pinto.














«A técnica da cotovelada, da facada pelas costas, da traição, da conspiração, da intriga, tudo isso é aprendido nas escolas de jotinhas», declarou.