O membro do Secretariado Nacional do PS Joaquim Raposo será o mandatário da recandidatura do deputado Marcos Perestrello à liderança da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL), cujas eleições se realizam no início de setembro.

Em declarações à agência Lusa, Marcos Perestrello referiu que a sua recandidatura à segunda maior federação dos socialistas será apresentada na próxima semana, após a Comissão Política da FAUL iniciar o processo para as eleições de 5 e 6 de setembro.

Joaquim Raposo é membro da direção de António José Seguro, preside atualmente à Comissão Política da FAUL do PS, antecedeu Marcos Perestrello na liderança desta estrutura política e foi presidente da Câmara da Amadora.

Ao contrário dos dois anteriores processos eleitorais na FAUL, em que houve candidato único à liderança, desta vez Marcos Perestrello enfrentará a candidatura alternativa de António Galamba, membro do Secretariado Nacional do PS e ex-governador civil de Lisboa.

Marcos Perestrello é considerado um dos elementos do «núcleo duro» da candidatura de António Costa nas eleições primárias de 28 de setembro, enquanto António Galamba é um dos dirigentes mais próximos do secretário-geral, António José Seguro.

António Galamba anuncia João Soares como seu mandatário

O dirigente socialista António Galamba anunciou que o deputado e ex-presidente da Câmara de Lisboa João Soares será o mandatário da sua candidatura à liderança da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS.

«É um orgulho ter como mandatário alguém que representa a política com valores e com ética», declarou à agência Lusa António Galamba, membro do Secretariado Nacional do PS.

António Galamba, um dos dirigentes socialistas mais próximos do secretário-geral, António José Seguro, salientou que João Soares «é um dos mais destacados militantes socialistas da área de Lisboa».

«João Soares esteve sempre disponível para estar junto dos militantes e foi um dos melhores presidentes de Câmara que Lisboa já teve, não só nas infraestruturas, mas também na cultura e na afirmação da cidade», acrescentou.

António Galamba fez parte do Secretariado da FAUL quando João Soares liderou esta estrutura política a partir de 1992, na sequência de um congresso distrital em que o filho do ex-Presidente da República derrotou António Costa por escassos votos.