O dirigente socialista Jorge Seguro Sanches desafiou o Governo a assumir uma «atitude de transparência» perante os portugueses na divulgação das decisões que toma em Conselho de Ministros, o órgão «mais importante» da administração pública.

Jorge Seguro Sanches, membro do Secretariado Nacional do PS, falava aos jornalistas em conferência de imprensa, depois de o Governo ter adiado para terça-feira o "briefing" para a apresentação do Documento de Estratégia Orçamental (DEO), que terá de ser entregue em Bruxelas até ao final deste mês.

«O Secretariado Nacional do PS ainda está reunido e estou aqui eu para dizer aos jornalistas o que se debateu na reunião. Era bom que o Governo tivesse o mesmo hábito de dizer aos portugueses, com transparência, o que se passa no órgão mais importante da administração pública portuguesa», declarou Jorge Seguro Sanches.

O membro da direção do PS fez ainda mais um comentário sobre o estilo de atuação do Governo na comunicação de medidas.

«Nós só estamos habituados a conhecer medidas do Governo quando têm a ver com cortes nos salários, nas pensões, na saúde ou na educação», concluiu.