Isaltino Morais venceu a Câmara de Oeiras com 41,65% dos votos (seis mandatos em onze), com maioria absoluta, segundo os resultados finais, divulgados pelo Ministério da Administração Interna.

É o regresso de Isaltino à autarquia que presidiu durante mais de duas décadas, quer com o apoio do PSD quer como independente, e que só abandonou para cumprir pena de prisão.

Isaltino Morais foi o cabeça de lista pelo Movimento "Inovar, Oeiras de Volta" e derrotou o seu antigo ‘número 2’, Paulo Vistas.

Enquanto cumpria pena por fraude fiscal e branqueamento de capitais, o seu ‘vice’ tomou posse como presidente e foi eleito, em 2013, pelo movimento "Isaltino, Oeiras Mais À Frente". No entanto, os dois afastaram-se e, este ano, concorreram em separado.

Numa primeira reação às projeções, Isaltino destacou a "grande vitória" da sua candidatura. 

Os resultados finais em Oeiras:

Candidatos/Partidos Votos Mandatos 2013
Isaltino Morais  41,65% 6  
Paulo Vistas  14,18% 2  
PS 13,42% 1 18,32%
PSD.CDS-PP.PPM 8,77% 1 PSD: 19,16%; CDS: 3,81%
PCP-PEV 7,84% 1

 

9,15%

B.E. 3,11%   3,70%
PAN 2,99%   2,67%
MIRO 1,12%    
L 0,69%    
NC

0,51%

   
PNR 0,32%    
PCTP/MRPP 0,10%   0,58%
PTP 0,06%  

0,27%