"A incompetência do Governo não pode encontrar justificação na meteorologia. Sabemos que a região sul da Europa e Portugal têm condições da floresta e meteorológicas propícias para a deflagração de incêndios, mas compete a um Estado competente colocar um dispositivo no terreno que permita contrariar os efeitos, tanto ao nível do ataque direto como da prevenção", afirmou o dirigente bloquista Pedro Soares, em conferência de imprensa, na sede nacional, em Lisboa.




209 incêndios

"O BE responsabiliza o Governo pelo eventual agravamento da situação relativa aos fogos florestais, já que estamos no início de agosto e ainda há muito verão pela frente", lembrou Pedro Soares.




helicópteros Kamov

"Em junho, havia apenas um a funcionar, em julho dois e só em agosto é que há três [helicópteros]", lamentou.