reportagem da TVI


“O Fisco passou a usar cintos e suspensórios. A máquina fiscal tem mais tecnologia e foi progressivamente recuperando velhas formas de fiscalização. É um cocktail perigoso”




relatório sobre a lista VIP

"A máquina fiscal [passou] a atuar quase que sozinha, sem intervenção humana... Foi levado ao exagero e a um perigo. Neste momento, as ordens que vão para os contribuintes são dadas por disparos, aquilo que o computador diz. Não há nenhuma análise da situação”







Quando é que o “enorme” sai dos impostos?














“Falar sobre descida de impostos antes das eleições pode ser comum, mas executar depois será difícil”. “É fácil mudar as regras e as coisas ficarem piores”